quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Literatura Infantil Brasileira além das fronteiras.

Ontem o correio trouxe uma boa nova. Veio surrado, demorado, longamente esperado, e ainda assim, belíssimo ao se despir do envelope. Falo do livro CUENTOS INFANTILES BRASILEÑOS, uma antologia de autores de LIJ, compilada por Glória Valadares e Ninfa Parreiras, da qual tive a honra de participar com um conto inédito. A edição foi encomendada pela Embaixada do Brasil na Costa Rica. Jenny Valverde Chaves traduziu para o castelhano e as ilustrações são de Marianela Solano Jiménez.

São contos de 25 autores, alguns já publicados e outros inéditos, organizados por décadas da seguinte forma:

Anos 1960 - Flávia Maria e Ziraldo.
Anos 1970 - Ana Maria Machado, Bartolomeu Campos de Queirós, Joel Rufino dos Santos, Luiz Raul Machado e Marina Colasanti.
Anos 1980 - Luciana Sandroni, Ricardo Azevedo, Roger Mello e Stella Maris Rezende.
Anos 1990 - André Neves, Anna Claudia Ramos, Caio Ritter, Eloí Elisabete Bocheco, Guto Lins e Ilan Brenman.
Anos 2000 - Fábio Sombra, Helen Queiroz, Luiz Dill, Nair Gurgel, Neuza Tezzari, Ninfa Parreiras, Yaguarê Yamã e eu.

Para mim, uma honra, uma alegria compartilhar dessa publicação ao lado de tantos que admiro. Espero que os leitores da Costa Rica mergulhem no conteúdo fantástico desse incrível presente. Embora os autores sejam brasileiros, as histórias, essas pertencem ao País da Infância. Onde não há fronteiras. Hatuna Matata!!!

4 comentários:

Silvana Tavano disse...

que bacana, Tino, parabéns!!!

Anônimo disse...

Olha só!! Xique no úRtimo!
Beijos,
Pin

Mariana Massarani disse...

Chique mesmo!
Muy canchero!
Quem que não para em casa?

Alessandra Roscoe disse...

Agora internacional, ninguém mais vai te aguentar!!!!!
Parabéns, querido! Muito orgulhosa!